Blog OQVestir

RSS
ago
11

História da moda: a origem das espadrilhas

WELOVE2

Surgida na montanhosa região dos Pirineus, entre a França e a Espanha, as espadrilhas, também conhecidas como alpargatas eram originalmente feitas de tecidos reforçados, como lona, e solado de corda de juta. As tiras amarradas em volta dos tornozelos, hoje consideradas um detalhe supercharmoso, na verdade tinham a função de manter o sapato mais firme nos pés.

O modelo ganhou popularidade nos Estados Unidos na década de 1940, quando foi usado por estrelas do cinema, como Lauren Bacall e Grace Kelly. Já o status fashion veio nos anos 1970, quando Yves Saint Laurent colocou versões com saltos anabela em sua passarela.

20150811_historia-da-moda-alpargatas_oqvestir_01

De volta à moda, as espadrilhas arrematam looks de pegada despojada e romântica. As versões flats são ideais para o dia a dia, enquanto as com saltos deixam o visual mais sofisticado. Se você ainda não aderiu, está esperando o que? Elas serão as estrelas do verão!

História Alpargatas

maio
25

História da moda: calça jeans, a queridinha do dia a dia

WELOVE2

De peça do vestuário de mineradores a item-desejo de todo mundo, a calça jeans percorreu um longo caminho de altos e baixos até se tornar um must have do closet. Hoje, com mais força do que nunca, após o retorno da trend normcore – um eco da década de 1990.

Criada por Levi Strauss, fundador da Levi’s, em 1873, a peça era originalmente destinada a trabalhadores que precisavam de roupas mais resistentes e de tecidos reforçados. Após algumas modificações (a cor índigo veio em 1890, e no ano seguinte, os bolsos traseiros), a peça confortável ganhou fãs nos Estados Unidos. Porém, foi somente nos anos 1950 que o jeans tornou-se objeto de desejo da juventude americana, como uma manifestação de rebeldia. Na época, personalidades transgressoras, como Marilyn Monroe, Marlon Brando e Elvis Presley, ajudaram a popularizar a calça.

Na década de 1970, o jeans foi adotado pelo estilo punk, ganhando versões estonadas e com rasgos. A peça se tornou uniforme de roqueiros, como os da banda Ramones.

20150525_historia-jeans_oqvestir_01

Desde então, vários shapes e cortes diferentes do jeans entraram e saíram de moda. Que tal a boca de sino dos anos 1970? Ou as calças bag da década de 1980? Hoje, democrático, o jeans presta um serviço a todos os tipos de silhuetas.

História Jeans

 

Siga o Blog do OQVestir no Bloglovin
maio
14

História da moda: o hype da jaqueta perfecto

WELOVE2

Criada em 1928 pela marca Schott NYC como uma boa cobertura de couro para motoqueiros, a jaqueta perfecto virou símbolo da rebeldia jovem na década de 1950. Ídolos bonitões, como Marlon Brando e James Dean foram ícones do movimento após protagonizaram, respectivamente, os filmes O Selvagem (1953) e Juventude Transviada (1955). A jaqueta voltou com força na década de 1970, como peça-chave dos looks dos roqueiros, como os do grupo Ramones. Porém, foi só na década de 1980 que o item ganhou status fashion, aparecendo inclusive na passarela prêt-à-porter de Jean Paul Gaultier.

20150514_historia-jaqueta-perfecto_oqvestir_01

O casaco já se estabeleceu como clássico do closet feminino e ganha versões cada vez mais glam com tachas e ilhoses, sempre remetendo a um look rebelde de pegada underground. Atualize seu modelo combinando-o a saias rodadas de shape ladylike, ou dê à jaqueta um ar esportivo usando-a com tênis. Versátil, ela permite mil e uma combinações e segue mais trendy do que nunca neste inverno 2015.

História Jaqueta Perfecto

maio
07

História da moda: qual a origem da bolsa-saco?

WELOVE2

O perfume vintage da bolsa-saco (também conhecida como bucket bag) é um dos hits da temporada. Mas o que pouca gente sabe é que o modelo foi criado e popularizado pela Louis Vuitton bem antes do que se imagina (quem aí pensou nos anos 1980?). Desenvolvido originalmente em 1932 para transportar garrafas de champagne com charme, desde aquela época, teve inúmeras releituras. E, agora, se firmou novamente como tendência. Melhor: com fôlego de sobra para continuar em alta por algumas temporadas mais.

Em tempo: a esse novo retorno fashion da peça, não podemos deixar de citar os esforços da Saint Laurent Paris e da neo hype Mansur Gavriel  grifes que investiram na ideia de modo a conquistar as novaiorquinas mais antenadas em 2014. No Brasil, o hit ganhou mais espaço desde que se destacou nas passarelas da temporada de Verão 2015, nos desfiles de marcas como Cantão e Osklen.

20150507_historia-bucket-bag_oqvestir_01

Prático e cheio de personalidade, o modelo ganhou as ruas nos ombros das fashionistas. E mais: arrematou com estilo looks normcore que deram o tom das últimas temporadas.

História Bucket bag - Peças

Abaixo, um vídeo da Louis Vuitton em homenagem à bucket bag eternamente contemporânea.

 

Siga o Blog do OQVestir no Bloglovin
abr
29

História da moda: quando surgiu o comprimento mídi?

WELOVE2

Saias e vestidos de comprimento mídi têm um perfume retrô. Mas você sabia que as bainhas começaram a subir ainda na década de 1920? Tudo para facilitar a vida das mulheres que começavam a entrar no mercado de trabalho. Em 1927, as saias chegaram a uma altura logo abaixo dos joelhos – um efeito conquistado pela juventude em um período pós 1ª Guerra Mundial. Já na década seguinte, após uma série de protestos e uma pressão da indústria têxtil, que, então, vendia menos tecido, as bainhas despencaram para a altura dos tornozelos novamente e os shapes ficaram mais próximos ao corpo.

20150428_historia-saia-midi_oqvestir_01

A grande revolução seguinte foi em 1947, com o New Look apresentado por Christian Dior, uma resposta às sóbrias silhuetas usadas pelas mulheres durante o período da 2ª Guerra Mundial. As saias retas saíram de cena para dar lugar ao movimento e volume de modelos. À época, a coleção foi muito criticada, mas acabou ganhando o coração das mulheres nos dois lados do Oceano Atlântico. Os Anos Dourados pediam ostentação e muito tecido! O hit de Dior fez a moda francesa brilhar novamente. Nos anos 1950, o comprimento foi uma forte tendência ao lado do shape ladylike – até hoje, considerado o look-chave da década. A partir da década de 1970, o mídi ganhou uma definição mais ampla: qualquer bainha na altura entre os joelhos e os tornozelos.

História Saia Mídi - Peças

Siga o Blog do OQVestir no Bloglovin