Blog OQVestir

RSS
jul
10

Alta-costura Inverno 2015

O normcore da temporada de inverno da Chanel seguiu como forte referência para Karl Lagerfeld no desfile de alta-costura da maison, numa mistura perfeita entre o luxo e o casual, o moderno e o tradicional. A arquitetura de Le Corbusier podia ser vista no shape dos vestidos, mas o barroco também estava lá, nos bordados e nas sandálias rasteiras com aplicações deluxe.

A coleção da Valentino foi inspirada por um ideal de beleza clássica, com referências do período pré-rafaelita do século XIX. Na passarela, vestidos de deusa ganharam ares modernos nas mãos de Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli e foram combinados com sandálias gladiadoras

Elie Saab apostou na fórmula que faz de seus vestidos itens obrigatórios pelos red carpets a cada temporada: brilhosbordadostransparências, decotes e rendas, pensados para ganhar noites glamourosas.

Se as criações das passarelas de alta-costura são destinadas ao tapete vermelho, por que não fazer vestidos com o próprio red carpet? Foi isso que pensou a dupla Viktor Horsting e Rolf Snoeren, e o resultado é uma coleção com volumes, laçarotes e um glamour nada óbvio.

Vermelhopreto e branco foram os tons que dominaram a cartela de cores da coleção da Giorgio Armani Privé. Na passarela, shorts dividiam a cena com vestidos quase teatrais, acompanhados de uma profusão de poásbabados e um mix de texturas.

Alfaiataria, fendas poderosas, bordados, transparências e peças casuais, como as jaquetas bomber, dominaram a passarela de alta-costura de Zuhair Murad

Fotos: Agência Fotosite/Divulgação

Siga o Blog do OQVestir no Bloglovin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *